Prepara-se para ganhar muito dinheiro até o fim do ano.

Uma das receitas indispensáveis na época do Natal, que é clássica até mesmo no antes e no depois dessa data tão especial, é a do saboroso Panetone.

Tão famoso e querido por boa parte da população mundial, o Panetone tem uma história bastante peculiar sobre a sua origem, o que o torna ainda mais interessante.

Origem

A palavra Panetone foi criada a partir da frase “Pani di Toni” (Pão de Toni), pois este prato foi criado por um padeiro italiano, chamado Toni, na cidade de Milão.

Toni, exausto de tanto trabalhar na véspera de Natal, preparava duas receitas diferentes: uma massa de pão e uma massa de torta e, nessa torta, colocava-se frutas.

Ao invés de adicionar as frutas à massa de torta, ele acabou as colocando na massa dos pães e, ao perceber, buscou aproveitar a receita para não ter que jogá-la fora, acrescentando na massa frutas cristalizadas, ovos e manteiga.

O chefe de Toni aprovou a receita e esta se tornou um grande sucesso mundial.

Adaptações

Com o passar do tempo, muitas foram as adaptações que fizeram nessa receita, acrescentando-se outros ingredientes ou se adicionando chocolate ao invés das frutas.

Todas uma delícia! Porém, para ser um Panetone verdadeiro e poder levar esse rótulo da receita clássica ao ser comercializado, o pão precisa ser feito seguindo-se as determinações de quantidades mínimas de cada ingrediente, defendidas por um decreto de 2005, do Ministério da Agricultura italiano.

 

Os Panetones salgados, chocotones e outras variações criativas desta receita, por mais que não possam ser vendidos como Panetone tradicional, conquistaram tanto o seu espaço em nossas mesas, que até na própria Itália eles fazem sucesso e são símbolos do Natal.

 

Como tantos outros alimentos, o Panetone também pode ser uma fonte de renda para empreendedores que desejam dar um Up nos seus negócios e oferecerem produtos gourmet diferenciados, alargando suas oportunidades de crescimento.

E este é o momento ideal para se começar a planejar, a aprender e a absorver todas as informações necessárias para se iniciar esta nova produção.

Tudo pode ser feito por você, até as frutas cristalizadas! Se lançar nas confecções de variações da receita do panetone, como o chocotone também é uma ótima pedida!

Os chocólatras de plantão, como eu, irão amar!

Escrito por Bárbara Nogueira – graduanda em Eng. Alimentos – UFG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.